Não só de ‘good vibes’ se vive. É preciso dar voz a tristeza

31

“Não só de ‘good vibes’ se vive. É preciso dar voz a tristeza. A tristeza precisa sim, ser verbalizada, para ser compreendida e ressignificada. É toda essa obrigação social de ‘estar sempre feliz’ que nos deixa tão inteiramente infelizes. A Dor de existir não está somente em ter um ‘dente incisivo arrancado’ com violência, mas também, na obrigação de ter que sorrir sem ele. Eu não digo isso para tentar convencer os que sempre se mostram alegres, a se mostrarem tristes, mas para mostrar aos tristes que eles não estão sozinhos”. Assista o vídeo na íntegra. Vale muito a pena.